segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

O BLOG VAI MUDAR!!!

O blog vai mudar! Aliás, já mudou, a começar pelo nome. Gostaram de IN FAME?

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

E CADÊ O RETORNO, BEBÊ?

Pois é, disse que logo retornaria, mas na verdade me escafedi! Porém tenho uma justificativa: trabalho e mais trabalho. E por falar em trabalho, ando as voltas com a sinopse de uma micro novela que será publicada no blog de meu amigo Isaac Abda, o  www.possocontarcontigo.blogspot.com. A trama já tem nome, "PIN UP!", e é ambietada na década de 50. Mais do que isso, não posso falar, de jeito nenhum!

A logomarca acima é um presente que recebi de David Oak.

O trabalho acerca de "Pin UP!" é imenso, pois envolve pesquisa,  pesquisa essa que faz um inventário sobre os anos dourados, o tema a ser abordado e claro, a narrtiva da própria trama. Enfim, ando por essa net de meu Deus, feito um escafandrista maluco, garimpando todo o que me é possível, e ambém não posso esquecer de citar as boas prosas que ando levando com quem viveu nessa época!

"Pin UP!" tem estreia prevista para janeiro de 2012, então preciso parar de catar milho nesse teclado e me escafeder de novo!

Beijos e abraços! Ah, mas logo volto! Aguardem...

sábado, 17 de setembro de 2011

O RETORNO

Aquecendo os motores para o retorno ao blog. O dolce fare niente das férias acabaram. Já já novos textos sobre televisão, novidades, comportamento, política (?) e outras pérolas. Por hora, ando sassaricando no Facebook. É só procurar por Alex Spinola. Vá lá! Satisfação garantida ou seu dinheiro de volta!

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

PRA CELEBRAR MINHAS FÉRIAS!!!!

ESSA É PRA CELEBRAR MINHAS FÉRIAS.VEJO VOCÊS EM SETEMBRO!

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

O ASTRO.








Novas linhas sobre a refilmagem do clássico.


Lendo ou assistindo às entrevistas de Alcides Nogueira, percebemos que o autor deixou às claras sua principal motivação sobre o remake da trama: Subversão. E é isso o que podemos assistir a cada capítulo. Talvez porque o texto de Janete Clair permita essa ousadia. Ou não seria Janete, uma subversiva?


A polêmica gira em torno principalmente da roda-viva de acontecimentos e ao número de orgasmos ou falsos orgasmos dessa nova versão. Alcides estaria ousando ou exagerando? A resposta pode até ser duvidosa, mas o Ibope não deixa dúvidas: Esse novo Astro é um sucesso.


Mulheres presas aos grilhões do mundo machista, mulheres destimidas, crápulas da pior espécie, homens apaixonados ou bem perto dos desejos do mulheril e cercanias. Nogueira capturou o espírito de Clair, e lançou mão de uma nova-velha estória.


Nesse mundo e submundo que orbita pela Penha, manicômios, corredores de supermercados do povão e as tapeçarias da mansão dos Hayalla, o que se vê é um retrato sem pudores da vida de gente de verdade.


O imigrante libanês não tem glamour, não ostenta nome quatrocentão, não é dado a demostrações afetivas e tem uma mulher mal-amada e adúltera. E como todo castigo pra corno é pouco: tem um filho pirado para os moldes da atualidade. O seio dos Hayalla é um ninho de serpentes, com áspides mais ou menos venenosas. Os que trafegam por esse núcleo dançam ao ritmo da batuta do poderoso chefão. Existe aí, algo que fuja do real?


As mulheres desse “mundo” sujeitam-se aos destemperos, às humilhações, ou por falta de honra ou excesso. Amanda tem que salvar a família para que o pai continue jogando e a irmanzinha continue borboletando, fotografando e sonhando com os cachinhos dourados de Márcio. Coitada! E nessa hora nem o mágico pode salvá-la. Ótimo, pois o herói não mete-se a Hércules, não bota a mão em vespeiro. Não por falta de amor, mas de cacife, pelo menos, por enquanto.


E por falar em mágico, jogaram Herculano Quintanilha no lugar que lhe é de direito, na Lapa, na “Kosmos” do Natal. Boa sacada, a cafonice do espetáculo não caberia em outro lugar. Mas cafonas e gente de estirpe frequntam o muquifo, porque místicos e curiosos estão por todos os lados.


No subúrbio, encontramos os tipos preferidos de Janete, a gente do povo. A gente da gente. Lili é aquele tipo de garota apaixonada, mas que não fica marcando touca. Não tem tempo pra se jogar na cama e chorar como uma bezerra desmamada. Lança mão de seu perfil Jolie, pra fazer biquinho e conquistar uma legião de fãs. Cada um luta com as armas que têm. Nessa legião tem de tudo: Cunhado sacana e pusilânime, anjinho avoado e velho rico, doido pra dar o troco na mulher destemperada. Clô surtou com a falta de classe de Salomão e foi reencontrar o gozo na cama do bissexual, por conviniência, Felipe. Ele gosta mesmo é das mãos precisas da bee cabeleleira. Alguém por aí, conhece alguma Clô? Creio que sim. E Regina Duarte, com ou sem botox, empresta seu fôlego de veterana a uma Clô Hayalla cansada da submissão, muy possivelmente adepta de Rivotril, Lorax e afins, desenvolvendo com perfeição a decadência interior da personagem. 


Sendo assim, “O Astro” está em cima da marca, com  pitadas de vida real, tons folhetinescos e voyeurismo.



domingo, 31 de julho de 2011

GENTE, QUE SUSTO!!!!

E bota susto nisso. Domingo passado, uma dor de cabeça dos infernos me acompanhou all day.

No fim da tarde, resolvi dar uma arejada. Caminhar um pouco. Mas a dorzinha continuava ali, martelando as minhas têmporas. Sendo assim, fiz o que manda o roteiro, nesses casos: Posto Médico. E o resultado não poderia ser outro, níveis de pressão arterial nada satisfatórios: 14 por 10, ou, para ser mais técnico, 140x100.

Bem, o desenrolar seguiu os procedimentos básicos: Consulta médica, remedinho sob a língua, injeção para combater o martelar dentro da minha cabeça, e as devidas dicas sobre alimentação, exercícios e um rigoroso acompanhamento médico.

Pois é, meus amores, com saúde não se brinca! O dito popular é sábio. Normalmente, não me queixo de problemas físicos. Sempre me salvo das ondas tenebrosas de gripes pestilentas ou daquelas viroses que ninguém mais consegue nomear. Então, deste modo, posso dizer que conheço essa velha carcaça, e que ao primeiro sinal de perigo, me trancafio num hospital, me entrego a todo tipo de exames e tomo todas as pílulas que me são indicadas.

Mas essa história não termina por aqui. Terça-feira, 26 de julho, dia da padroeira de Pedro de Toledo, Santa Anna, e aniversário de minha saudosa mãe, um novo susto, uma nova crise. Pressão arterial de 200x70, taquicardia, adormecimento facial. Internação, medicação, Elétro-cardio, RX de tórax.

Bem, agora é chegada a hora de cuidar da saúde, de botar um zíper na boca, de retomar as caminhadas vigorosas, de perder peso, afinal de contas, eu não pretendo morrer tão cedo!

domingo, 24 de julho de 2011

domingo, 17 de julho de 2011

PEDRO DE TOLEDO ON TV!!!!



MOSQUITO PÓLVORA

Vale do Ribeira, outras regiões do Estado de São Paulo e também outros Estados enfrentam a invasão dessa espécie de mosquito numa escala assustadora.

Na última sexta-feira, 15 de Julho, em congresso, representantes dos segmentos da Saúde e  Agricultura reuniram-se em Pedro de Toledo SP, para o debate e troca de informações com representantes da Sucen.

Segundo pesquisadores, plantações de banana, cacau e demais culturas, são terreno fértil para a proliferação do mosquito pólvora, por oferecerem um habitat rico em umidade e detritos orgânicos.

Na região do Vale do Ribeira, os primeiros casos de infestação surgiram no município de Miracatu, no verão de 2008.

Hoje, estudos apontam algumas possíveis causas para a infestação que vão de encontro a um desequlibrio ambiental, com o desaparecimento dos predadores naturais do mosquito, devido aos pesticidadas usados na cultura da banana. Bananicultores  protestam, alegando omissão por parte dos orgãos de controle a endemias. Representantes do comércio e turismo questionam sobre meios de controle efetivos.

Segundo a palestrante do evento, Dra. Maria de Fátima Domingos, pesquisadora da Sucen, um novo pesticida vem sendo estudado.

Para maiores informações cliquem no link do vídeo acima.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

CONVITE!

ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA CONVIDA POPULAÇÃO A  PARTICIPAR DA PALESTRA: "DROGA NÃO É SAÚDE". (COM APRESENTAÇÃO DA PEÇA "DROGAS?! TÔ FORA!!", UM TEXTO DE ALEX SPINOLA, ADRIANA STANGORLINI, ADRIANO EGÍDIO,RINALDO VIEIRA E ROBERTA GUINOZA)

LOCAL: ESPAÇO DO PROJETO GURI
DATA: 15 DE JULHO (SEXTA-FEIRA)
HORÁRIO: 19:30 HS

NÃO PERCAM!!!!

DIRETO DO TÚNEL DO TEMPO....

O ASTRO

E aí, estão assistindo "O Astro"?! É tarde, eu sei, mas vencendo os olhinhos pesados, faço questão de acompanhar essa releitura de uma grande obra de Janete Clair. Vejam, acima, a abertura original de 1977.
E a galera que acompanhou na década de 70, estão revendo? Já tô com a musiquinha na cabeça: Minha pedra, ametista, minha cor, o amarelo....


Em breve, um texto, aqui nesta postagem, sobre essa visão de Alcides Nogueira e Geraldo Carneiro para esse clássico. Aguardem!

segunda-feira, 11 de julho de 2011

sábado, 2 de julho de 2011

ANJOS!!!!




Anjos?! Sim, anjos! Eles existem e são feitos de carne e osso, como bem mostrou essa matéria do Globo Repórter de ontem, 01 de julho. Numa pauta emocionante, conhecemos as histórias de pessoas que superam barreiras, preconceitos e a descrença de muitos em nome de uma fé inabalável, uma fé com a qual podemos impregnar o mundo com bondade, esperança e amor!


Anjos que abrem suas asas protetoras sobre animais indefesos, abandonados, escravizados. Anjos que travam batalha com uma horda de carrascos acéfalos e dignos de pena.


O mundo está repleto de anjos. Seja um, você também! Abra suas asas e revele suas paixões sobre o mundo!

terça-feira, 28 de junho de 2011

YES, NÓS TEMOS VAMPIROS!









Mesmo antes da saga "Crepúsculo", de Stephenie Meyer, os jovens tupiniquis da década de 90 foram tomados pela vampiromania. No início desta década, a Rede Globou investiu em um projeto ousado, ambicioso e perigoso, tratava-se de "Vamp", novela de Antonio Calmon, exibida no horário das 19 horas, com a trama central baseada em vampiros. A ousadia ficou por conta do teor da história, um ineditismo no formato da telenovela. A ambição, pelos investimentos em externas realizadas em Veneza, na Itália, e em Lisboa, Portugal. E o perigo: como reagiria a audiência - mesmo que essencialmente composta por jovens e adolescentes - diante uma trama tão inusitada?

Bem, a resposta fora traduzida num tremendo sucesso. 

"Vamp" contava a história de Natasha (Claudia Ohana), uma artista das ruas, que buscava pelo sucesso. Numa bela cena, tomada em Venezza, Natasha invade uma piazza repleta de pombos e turistas, e encanta Gerald (Guilherme Leme), um produtor musical, com um sensual número de dança. Gerald lhe promete fama e fortuna. Porém, o estrelato chega através das presas do poderoso Vlad (Ney Latorraca). Natasha torna-se uma vampira popstar! 

Porém, no decorrer da trama, cansada de sua vida como sanguessuga, Natasha descobre um modo de livra-se da maldição, e migra para a pequena cidade de Baía dos Anjos, no Brasil, em busca da Cruz de São Sebastião.

Com esse story line, belas imagens rodadas na Europa, figurinos esmerados, tramas paralelas cheias de suspense, comédia e romance, e um elenco afiado, "Vamp" cativou uma legião de telespectadores.  Segundo minha ampla memória televisiva,autores, diretores e produtores foram citados por Francis Ford Coppola, renomado diretor americano, pela ousadia em abordarem o vampirismo numa telenovela. Coppola viria a lançar, em 1992, "Drácula. de Bram Stoker", o filme.


Antonio Calmon, autor de "Vamp", nessa época, vinha de outro sucesso, escrito para o mesmo horário, "Top Model". Porém, depois dessas tramas, Calmon não consegiu manter o mesmo padrão. Voltou aos vampiros, em 2002, com "O Beijo do Vampiro", mas não alcançou o mesmo sucesso. Infelizmente, a novela fracassou.


 



Acima, a vampira Natasha, Cláudia Ohana, com o "recém-criado" Lipe, Fábio Assunção.

O sucesso da novela também fora alavancado pela regravações de grandes clássicos na voz de Cláudia Ohana. "Simpathy for the Devil", dos Stones, tornou-se tema da personagem. Ohana apresentou-se, na pela da vampira Natasha, em inúmeros programas  da própria Rede Globo. "Don't let the Sun go down on me", de Elton John, e "Quero que tudo vá pro Inferno", de Roberto e Erasmo Carlos, também ganharam novas versões e vídeo clipes. Basta procurar no You Tube! estão todos lá!

Mais uma vez, segundo minha invejável memória televisiva, e não graças à Wikipedia, meus velhos exemplares da "Contigo!" dão conta disso, lembro-me dos rumores sobre a indicação de Paula Toller, do Kid Abelha, para viver a personagem Natasha. Graças a Santinha dos Noveleiros, venceu o bom senso, e Cláudia Ohana ficou com o papel.

Ah, voltando às musicas, dizem que "Simpathy for the Devil" foi uma tentativa de Jagger e Keith Richards, depois de uma viagem à América do Sul, de reproduzirem sons tipicamante brazucas, encontrados em rodas de capoeira e terreiros de macumba. Será?

To be continue....

segunda-feira, 27 de junho de 2011

NO CABARET!!!!


Segundo entrevista à Revista Júnior, a atriz Cláudia Raia se diz uma mulher "aviadada". E parte dessa viadeza toda poderá ser conferida à partir de outubro, no Teatro Procópio Ferreira, em SP, com a estreia do musical CABARET, interpretado na Broadway (na década de 70) por Liza Minelli.

IT'S A FAMILLY AFFAIR...




Pois bem, hoje o baú foi realmente revirado, claro que outras preciosidades estão bem guardadas, como as coisas de família.....

DE OUTROS CARNAVAIS!!!!!

Ainda "Reviramdo o Baú", encontro essa que é de outros carnavais. Gente, como a moda pode ser tiranana, e o tempo também!

REVIRANDO O BAÚ!

Nesse "Revirando o Baú", deixo no blog uma singela homenagem à minha mãe, D. Conceição Spinola. As fotos datam da década de 60!


Era ou não era uma diva, hein? Meio Monroe, meio Kim Novak ou Gina Lollobrigida. Coisas de um tempo  em que elegância era a assinatura de toda a mulher!

quarta-feira, 22 de junho de 2011

"HELENAS " E "MARINAS"

MARCOS SILVÉRIO,
endosso sua visão sobre a palidez de nossas heroínas. Haja vista o crescente sucesso que as vilãs andam fazendo.



Nenhuma mulher - ou nehuma que eu conheça - vive arrastando correntes como as "Helenas" de Manoel Carlos ou as "Marinas" de Gilberto Braga, simplesmente porque elas, as heroínas reais, precisam matar um leão por dia, pra garantir que suas vidas não se transformem eu ruínas, porque, nesse caso, elas não poderão contar com fronhas de fio egípcio pra testemunhar suas agruras.
 O problema é que alguns autores só conhecem esse tipo de mulher, e o pior, querem nos empurrá-las garganta abaixo.
 
Acredito que uma bem construída história de amor possa alinhavar todas as tramas de uma novela. Se a heroína for real, se seu romance tocar no coração da audiência, talvez isso traga de volta um certo prestígio que vem se perdendo há décadas.

(queridos, acessem o blog do Silvério: http://www.marcossilverio.blogspot.com/ )







segunda-feira, 20 de junho de 2011

O BAILE DOS MONSTROS!!!



Foi parar em tudo quanto é blog, microblog, site e demais buracos da internet, o espinhento "desabafo" de Aguinaldo Silva, autor de telenovelas, sobre Lady Gaga. Em poucos linhas, Silva, detonou a queridinha do showbiz:


"Essa Lady Gaga é uma chata: não canta nada, não dança nada, é desarticulada no falar, e os figurinos são de vomitar. É devido a figurinhas como Gaga, que Madonna continua no topo, não que ela queira, mas é que ninguém consegue tirá-la de lá".


Não imagino que essas declarações tenham ido parar nos ouvidos de Gaga, e tampouco que ela saiba quem é Aguinaldo Silva. Mas os fãs brasileiros dela sabem, e estão tiriricas com o autor. Basta passar os olhos pelas sessões de comentários dos sites por onde essa notícia reverberou, pra se ter uma idéia sobre o tamanho da revolta.


Bem, com certeza, essa notícia não mudará os rumos da humanidade, mas achei pertinente lançar minha opinião about this!


Aguinaldo Silva, sempre tão espinhento com esse mundinho das celebridades, fez um singelo elogio à Madonna, nem eu sabia que ele a tivesse em tão alta conta. Será que ele guarda algum LP da rainha do pop? "Mistérios", com bem diria Dona Milú, a carsimática velhinha de "Tieta".


Com tudo isso, penso em dizer que Lady Gaga talvez não seja todo esse horror. Dias antes da polêmica twittada de Aguinaldo, comprei o DVD "The Monster Ball Tour" HBO Special, que traz uma apresentação de Gaga no Madison Square Garden, em Nova Iorque.


All right, como vocês estão carecas de saber, sou fã da Madonna, do fio de cabelo ao dedão do pé, e se ao invés de escangalhar com a Gaga, Aguinaldo cuspisse seus marimbondos na direção de Madonna, esse post que escrevo seria de outra serventia: seria pra devolver todas as ferroadas no traseiro do senhor Silva, por mais que ele desconheça a existência desse blog. Por quê? Ah, meus amores, porque tratando-se de Madonna, deixo qualquer terrorista no chinelo!


Então, nasce outra questão feita por vocês: "Já que você é tão fã de Madonna, por que está escrevendo sobre a desmiolada da Lady Gaga? Simples, meus queridos: Gosto dela também! Meu lado "freak" vai de encontro com o estilo bizarro que ela vende. Ah, deixem de hipocrisia, todo mundo é meio doidinho, pirado, lelé da cuca e afins. Mas não se preocupem, nem de longe preciso daqueles comprimidinhos tarja preta, pelo menos por enquanto!


Caramba, abri o blog pra escrever só algumas coisinhas, e me saio com esses textos de proporções bíblicas. Vou me concentrar no tal show de Gaga:


À medida que o Baile dos Monstros ganha corpo, podemos ver onde reside o talento de Gaga. A vampira do pop não suga apenas o pescoço de Madonna. Nela, podemos reconhecer o vozeirão e a cafonice de Cher, as esquisitices de Michael Jackson, o espalhafato dos primeiros anos de Elton John, as caras e bocas e figurinos estrombólicos de Grace Jones, cantora jamaicana, que fez grande sucesso na década de 80, os cortes de cabelo à la Abba, o terror de Marylin Manson e outras infinitas conexões. Mas não vejo em Gaga apenas uma máquina copiadora, seria um modo muito simplista de enxergá-la. Gaga vai além da cópia, ela bebe na fonte de toda essa gente, mas o produto final é genuíno, algo que só poderia ter saido dela. Em suma, todo e qualquer rebento parido por ela, nasce com uma assinatura feita por suas unhas de garra.


Durante as quase duas horas de espetáculo (na verdade, a edição cortou os vídeos que marcam a passagem de um bloco para outro), Gaga explora esse talento às raias do exagero. Desde a abertura, com a eletrizante "Dance in the Dark" - nesse momento pode-se ver o delírio da platéia, composta por gente de todas as idades: pais com seu filhos menores, teenagers histéricas e gays de todos os cantos -passando por uma versão subway de "Love Game", o banho de sangue em "Monster", a provocação de "Alejandro", o contato carinhoso com os fãs em "Paparazzi" até desembocar no gran-finale que ocorre entre "Bad Romance" e "Born this Way". Nessas horas de exagero, de espalhafato, Gaga personifica-se de todas as alcunhas que lhe imputam: Diva, Vampira, Doidivanas, Rock Star, Anti-Cristo...


Porém que todo o espalhafato e polêmica não arranquem dela o grande feito que carrega nas costas, pois mesmo sugando pescoços alheios, essa garota tresloucada dos becos de Nova Iorque, é responsável por um certo sopro ressucitador no agonizante mundinho da pop music. Isso, claro, sem desmerecer Madonna, que como escreveu Aguinaldo Silva, reina única e soberana.


Quer se jogar no Baile dos Monstros? É só assitir o vídeo acima, nele, temos uma Lady Gaga na íntegra, ao vivo e mais doida do que nunca.


Bom show!

#SERÁ?



Será esse o retorno do prestígio? Será?


A chamada é bem empolgante, e também nostálgica! Bons tempos em que a telenovela inspirava, aguçava a audiência e ganhava as ruas em animadas conversas nas feiras, nos botequins, nos salões de cabeleleiro. Lugares pitorescos, não é mesmo? Pois bem, são nesses lugares pitorescos que elas devem repercutir, é literalmente na boca do povo que elas precisam estar.


Ah, mas os tempos são outros? podem dizer. É verdade são outros. Hoje, 30 ou 40 milhões de brasileiros acompanham uma ou outra trama. Mesmo comparado com as décadas de 80 e 90, esse número é bastante significativo. Então qual é o problema? Bem, o problema é a repercusão, o chiado das ruas, o frisson. Tudo isso fora soterrado num passado de glórias, não porque os tempos são outros, e sim porque a qualidade das tramas anda digna de pena, ou revolta, para os mais aficcionados.


É bem verdade que, às vezes, um ou outro autor consegue salvar a lavoura e honrar um produto que começou na era de ouro do rádio, que ganhou o toque de Midas de Janete Clair e se perpetuou no cotidiano de uma nação. Foi assim com "O Clone", de Glória Perez, em 2001, "Senhora do Destino", de Aguinaldo Silva, em 2005, e "A Favorita", de João Emmanuel Carneiro, em 2008.


Deste modo, podemos dizer que novela é uma roleta russa? Sim, sempre foi! O problema é exatamente a quantidade de tiros que andam saindo pela culatra, atingindo, em cheio, o coração da audiência. Fazendo uma infame paródia com um batidíssimo recurso televisivo, andam perguntando: "Quem Matou a Novela?". Bem, a resposta parece fácil, mas, na verdade, deveriam estar preocupados com a chacina que anda a dizimar a paixão dos telespectadores!

terça-feira, 14 de junho de 2011

A VOZ DO POVO!



Indignados com matéria vinculada pela revista americana NewsWeek, que classificou sua cidade como "moribunda", moradores de Grand Rapids, no Estado de Michigan, mobilizaram-se num grande protesto. Liderados por Rob Bliss, gravaram, numa única tomada, um vídeo-tributo à sua cidade, usando como tema a emblemática canção de Don Mclean, "American Pie".

Cinco mil moradores participaram da empreitada. O evento parou a cidade. O vídeo já é um dos campeões de acesso pelo You Tube. 

Pois é, meus amores, cidadão de verdade não leva desaforo pra casa. Bota a cara na rua e a boca no trombone!

Essa paixão á toda prova é, sem dúvida, digna de nota e aplausos!

I'M BACK, DEAR!!!!

Hello, estou de volta, meus amores, e com garras e presas à mostra!!

Primeiro, cansado com a desarmonia em certos espaços virtuais! Se existe panela, tô fora! Se existe muito cacique pra pouco índio, também tô fora! Cansado de tentar manter uma certa unidade, exausto de conclamar um diálogo, franco, aberto, sem melindres, sem faniquitos....Nessas andanças, encontrei pessoas adoráveis, isso é bem verdade, mas espíritos-de-porco existem pra todo e qualquer lugar que se olhe, e - falando francamente - não tenho estômago pra esses canalhas!

Segundo, convencidíssimo de que existe a lei do retorno, seja a curto ou longo prazo, se você planta ventos, colherá tempestades! Detalhe: agora falo em fatos mais regionais, no que está debaixo de nossas fuças! E nesse caso, também digo: Me falta estômago!

Cedo ou tarde, ela chegará...

terça-feira, 24 de maio de 2011

ESTAMOS DE CASA NOVA!!!!



É isso mesmo, estamos de casa nova. E como toda casa nova, estamos em estado de transição, portanto adequações serão realizadas.Essa postagem é para se dar conta, de maneira imparcial, sobre essa nova fase. Portanto, é necessário discernimento na divulgação de uma notícia!

Aguardem novidades numa próxima postagem!



sexta-feira, 20 de maio de 2011

COM A PALAVRA, AMANDA GURGEL!!!



Na mesma semana onde somos apresentados à senhora Heloísa Ramos, também professora e autora do livro educacional "Por uma Vida Melhor", onde pode-se ler a seguinte frase:


"Os livro ilustrado mais interessante estão emprestado". Mas você pode estar se perguntando: "Mas eu posso falar "os livro"? Claro que pode!"


Pode não, Dona Heloísa!, rebato, quase tendo um ataque.



Frases infelizes como essas deveriam passar longe de uma sala de aula. Um livro não pode dar endosso pra um aluno devorar - de uma só vez - plural e concordância, e de quebra, emporcalhar os "ouvidos" alheios.


Todos esses conceitos de linguagem caem bem em conversa de gente letrada, não na boca de uma gurizada que está em sala de aula, sabe-se lá em que condições, enfrentando todas as distrações da idade e - em grande parte - desvalida de uma coisa chamada família.


Podem vir com a conversinha fiada que for, eu não aceito!


Pois bem, voltando à Amanda Gurgel, a professorinha do vídeo acima, que pediu a palavra numa audiência pública no Rio Grande do Norte, e tratou de - num português exemplar - nos brindar com uma radiografia afiada do ensino público nacional.


Palmas pra ela!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

DESCALABRO!!!!!!!!

REVOLTADO, REVOLTADO!!!!!!!

Numa semana em que discutimos o futuro de nossas crianças nas esferas da Saúde, Conselho Tutelar e outros setores, somos devastados pelas imagens do vídeo abaixo:

http://www.tvtribuna.com/videos/?video=8485

Em Registro, um psicopata espanca seus dois filhos menores, com requintes de crueldade. Pra conseguir provas contra o "pai", o filho mais velho é obrigado a registrar as imagens em celular. Apenas com o link, depois atualizo a postagem, quando vídeo ganhar o You Tube, e só lendo o texto, vocês poderão se questionar: "E a mãe dessas crianças?!"

Ah, meus amores, a santa mãezinha fugiu, há  três anos, porque estava cansada de apanhar, e sem pestanejar, deixou os filhos sob os "cuidados" desse sujeito. Deixou as crianças entregues à própria sorte!

Querem compartilhar sua revolta comigo? Pois continuem lendo, o descalabro não termina por aqui.

De posse do vídeo, nesse sábado último, o tio dos meninos denunciou o crápula à polícia. Ele foi detido, mas depois, sob o pagamento de fiança, foi liberado!!!!!

Será que o filme não revela provas conduntendes contra esse "senhor"? Seria necessário um cadáver de criança pra que fosse mantido atrás das grades?

Diante a frouxidão das nossas leis, sim!!!!

E voltando ao início do texto, onde escrevi sobre ações contra essa e outras mazelas, pergunto:

De que lado está a lei?

terça-feira, 17 de maio de 2011

É BOM LER.....

FELIZ, BEM FELIZ!

Semanas repletas de contratempos me impediam de fazer uma importante visita: conhecer a recém-inaugurada Biblioteca Municipal “Machado de Assis,”na pequena cidade onde vivo.

Sou um entusiasta de ações que prestegiam a cultura, principalmente quando ocorrem em lugares negligenciados por uma dezena de abutres engravatados que preferem o concreto aos livros.

Deixo os abutres de lado, voando baixo, mas sempre na mira de meu rifle, e volto pra esse encontro mágico com os livros. Adentrar numa biblioteca, seja ela qual for, esteja onde estiver, é sempre um encantamento, um deleite, e confesso: meus olhos se encantaram com o que viram, uma profusão de títulos e autores capaz de assanhar qualquer amante da literatura: Jorge Amado, Machado de Assis, Eça de Queiroz, Aldous Huxley, Agatha Christie, Ariano Suassuna, José Lins do Rego, Shakespeare, Nelson Rodrigues….enfim, um verdadeiro oásis nesses dias áridos de devastação intelectual, nesses dias onde se é facil localizar centenas de jovens trancafiados em Lan Houses, grudados diante um monitor de computador, como zumbis robotizados, ou emudecidos – sim, emudecidos, pois se não ouvem, não falam – pelos fones de ouvido dessas traquitanas todas, celulares, I Pods, Mp 10, 500 ou 600, sei lá até onde vão essas geringonças…..

Não, não sou um fundamentalista enlouquecido que ignora os avanços tecnológicos, mas não sou mesmo! Mas não podemos negar seu poder de alienação….nada supera o prazer de se perder e se achar dentro de um bom livro!

Deixo o high tech de lado e volto à biblioteca, aos livros: vaguei ,sedento, por entre as prateleiras, o tempo corria, orgão público tem horário! Vi muita coisa além dos grandes nomes citados acima, chamou-me a atenção uma modesta, mas eficiente, reunião de títulos dedicados ao teatro. Continuei a busca. Nesse interim, me informei com o simpático atendente sobre as possibilidades de leitura. “Você escolhe o título, leva pra casa e devolve no prazo de uma semana, mas também pode renovar o empréstimo”, disse-me o rapaz. Claro que nesse rápido diálogo, corri os olhos pelo livro de ocorrências, me interessei por possíveis adesões, e sim, elas estavam lá. Graças a Deus, podemos ter esperanças!

Maravilha!, exclamei. Dei mais um rasante na prateleira dos romances, procurando por “O Mistério da Estrada de Sintra”, de Eça de Queiroz, mas encontrei “O Primo Basílio”. Esse já li, há centenas de anos, devo reler, mas não agora. Procurei por “98 Tiros de Audiência”, mas encontrei Janete Clair. “Será esse!”, quase gritei, quase dei pinta.




“Nenê Bonet”, esse foi o escolhido.” Literatura de mulherzinha”, dirão os abutres. “Não, meus amores, literatura de  um escafandrista, de um intrépido aprendiz”, retrucarei de imediato.

Meus olhos faíscaram já nas “orelhas” do romance, as palavras “romance-folhetim”, “novela”, “drama”, “intriga” formaram uma sedutora armadilha. Mergulhei nela, em plena madrugada, e fechando o livro na conclusão do primeiro capítulo, adormeci com uma série de questionamentos: “O que me espera?”, “Por que diabos uma bem nascida filha de fazendeiros fora trancafiada num manicômio, na efervescente década de 20, pelo seu marido de indole duvidosa?”, “Terá essa trama, um único crápula?”

Mal posso esperar. Por isso digo, estou feliz, bem feliz. Por esse resgate à cultura, por essa ode aos livros, por esse encontro com Lady Clair!

quinta-feira, 5 de maio de 2011

segunda-feira, 2 de maio de 2011

FIM DO TERROR?


OSAMA BIN LADEN

A morte de Osama representa uma pequena vitória sobre o terrorismo. E só!

Essa explosão de VIVAS pode ser uma tradução genuína de um povo que esperava pela oportunidade de sentir-se vingado, nada mais justo, levando-se em conta as vidas que foram ceifadas naquele 11 de setembro e todas as outras na cruzada bélica do Sr. Bush, e a todos os sobreviventes ao redor do globo, que não perderam entes queridos, mas sentiram-se igualmete atingidos por um terror em larga escala. Havia àquela época um lugar seguro? Existe algum lugar seguro ainda hoje?


Toda vingança, dizem os sábios, sempre deixa um vazio, um enorme buraco que nunca será preenchido. E é sobre esse buraco que o mundo deverá se indagar à partir de hoje. Todas essas incertezas são terrificantes, o silêncio depois da euforia vingativa, também é assustador.


De outro modo, sabemos que qualquer que fosse a punição de Bin Laden, todo o pranto e ranger de dentes diante as inúmeras possibilidades, seria igualmente assustador. Mesmo que fosse julgado por um Tribunal Mundial, que fosse condenado por todas as atrocidades que imputou ao seu próprio povo, que se fosse possível desmantelar toda a Al Qaeda, mesmo assim represálias pipocariam ao redor do globo, porque o terror não tem fim. O mundo de hoje e de ontem, sempre viveu sob esse jugo e sempre viverá.

Portanto, não vejo a necessidade de tanta festa.

domingo, 1 de maio de 2011

CINQUENTINHA E LINDA!!!!!!!


Tão pensando que a foto acima foi clicada na década de 90? Ledo engano.É atualíssima.

Em breve, um tributo à diva. Peças de museu, diretas do meu baú, muitas histórias, uma memorabilia de dar inveja!

Ah, vocês não estão nem aí? Nem eu, nem ela!


 Falando em atualidade: eis a entrada triunfal de Madonna - foto acima - no Met Ball, um dos maiores eventos de NY, que anualmente reune, numa listinha disputada a tapas, puxões de cabelo e safanões, uma constelação de celebridades. O evento ocorreu ontem, 04 de maio, no Metropolitan Museum Of Art. O ensejo teve como base uma homenagem ao estilista Alexander McQueen, que suicidou-se no ano passado.

Well, no início do post, eu apregoei uma espécie de tributo à Madonna. Essa postagem será o start. O instantâneo acima capta um momento histórico na carreia dessa mulher: a turnê Blond Ambition, de 1990. Pra mim, foi aí que tudo começou. Porém, maiores detalhes - incluindo os sórdidos - serão revelados adiante....




Finalizando com nascer de uma estrela - nossa, que coisa cafona! - Madonna clicada na década de 80, quando não lhe davam mais que uma primavera......

sexta-feira, 29 de abril de 2011

BONS VERBOS....



Cuidar, incentivar, auxiliar, previnir, esses são que verbos que conjugamos. Conheça nossa página no Orkut.

TEREI MUITO A DIZER.....

"É chegada a hora das najinhas botarem suas cabeças pra fora do cesto!", bem dizia a Indira, de "Caminho das Índias".

Sobre isso, terei muito a dizer! Aguardem....

sexta-feira, 22 de abril de 2011

BOA PÁSCOA!



TEMPO PRA REFLEXÃO. TEMPO DE PAUSA. TEMPO DE RENASCER. TEMPO DE PENSAR NO MUNDO. TEMPO DE PENSAR NO PRÓXIMO. TEMPO. TEMPO, PALAVRA TÃO CURTA, TÃO CARA, TÃO DIFÍCIL, TÃO RARA.

NO MUNDO SOBRA ÓDIO, SOBRA DOR. NO MUNDO FALTA PAZ, FALTA AMOR, ENTENDIMENTO. ENFIM, NO MUNDO FALTA TEMPO.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

COM VOCÊS, AGUINALDO SILVA!!!!!!

Well, como vocês já sabem, nesses últimos meses, eu ando saracoteando lá pelas bandas do site de um afamado telenovelista global, o Aguinaldo Silva. Por lá, falamos, ouvimos, discutimos, sobre um tudo. Mas não posso negar que o assunto TELEVISÃO é nosso prato preferido. E Aguinaldo, mesmo ocupadíssimo com a feitura de sua próxima novela, "FINA ESTAMPA", que estréia em agosto, depois de "INSENSATO CORAÇÃO", e ainda colhendo os frutos da repercussão do recém-lançado "LARA com Z", encontra espaço no seu dia-a-dia assoberbadíssimo, pra interagir conosco no ASDigital.

Abaixo, transcrevo uma pergunta minha, feita hoje, portanto fresquézima, e a pronta resposta do Aguinaldo. Assunto? Sua próxima novela!

QUEREEEEEDO AGUINALDO,

diante quadro quase agonizante do folhetim televisivo, o que te passa em mente? Você sabe que “Fina Estampa” gera uma expectativa gigantesca, que de certa forma, na sua estréia, será como se um pedaço de carne fosse jogado a um bando de coiotes famintos, isso sem falar nas hienas. Sente- se confortável no papel de o salvador da pátria?
Beijos, quereeeeedo!!!!!!!!!!
Aguinaldo Silva
Quereeeeeeedo, nesse momento a coisa de que menos gosto é de estar na minha própria pele. Diante de tantas novelas, ahn, digamos assim, problemáticas, eu decidi que seguiria por um caminho que deixou de ser trilhado há algum tempo. Faria uma novela não em cima de eventos ou de temas, ou de merchandisings sociais, mas que privilegiasse as tramas e as personagens. Ou seja, traria a novela de volta ao velho e bom folhetim. “Fina Estampa” é isso, o que eu chamo de “novelão”. Mas será que é isso que as pessoas querem ver? E se não for, terei eu forças para resistir ao tsunami que se abaterá sobre as minhas costas? Pois ao contrário de outros autores que sempre são tratados com certa consideração mesmo quando fracassam, eu não sou propriamente um querido. Tem muita gente querendo me capar, e esta seria uma boa oportunidade. Uma coisa eu sei: nos primeiros capítulos tentarão desestabilizar a novela. Lembro-me que até “Senhora do Destino” teve quem a criticasse do começo ao fim, portanto… Você pergunta como é que eu me sinto? Focado apenas em duas coisas: em escrever a melhor novela que eu possa e me manter alheio e cego a tudo que não seja a novela, incluindo a audiência e as críticas.

Estão a duvidar? Pois eu mato a cobra e mostro o pau!!!!

http://www.aguinaldosilvadigital.com.br/

Acessem, meus amores!!!!

JUDAS!!!!!!!!!!!!!




Bem, meus amores, em primeira mão, o segundo single do albúm "Born this Way" da doidivanas Lady Gaga, "JUDAS". Agora parece que Gaga resolveu clonar a si mesma. "JUDAS" tem um introdução que lembra "BAD ROMANCE".

 Menos mal, acho que desse modo, ela retira as presas do pobre pescoço de Madonna, claro que só em termos "musicais", porque reparando na capa do single - essa que aparece no vídeo - pelo menos no "design", ela continua firme no CTRL +T.

 O single passado, "BORN THIS WAY", irritou os fãs mais fundamentalistas de Madonna. Unidas, as bees arquitetaram um plano de vingança contra Gaga, instituiram o "EXPRESS YOURSELF download DAY": Mobilizaram fãs do mundo todo, e via o I TUNES, fizeram um arrastão de compras de uma única música de Madonna, "Express Yourself", do album "Like a Prayer" de 1989, cuja melodia foi literalmente sugada pela arrivista Gaga. Foram milhões de downloads, e nesse dia, a canção ficou no topo das listas do site, desbancando Gaga, Britney Spears e Beyonce!!!!!

Lady Gaga que se cuide! Bees unidas, jamais serão vencidas!!!!!!!

PS: Quem  é JUDAS?  JUDAS foi o apóstolo traidor de JESUS, aquele que lhe beijou o rosto, entregando-lhe aos soldados romanos!

Nossa, Gaga, que sugestivo!!!!!

terça-feira, 12 de abril de 2011

RELEMBRANDO "TWIN PEAKS"




Belíssima essa composição de Angelo Badalamenti para a famosa série americana "Twin Peaks". Quem matou Laura Palmer? Alguém arrisca um palpite?

domingo, 10 de abril de 2011

TV

COLUNA TV

CAROLINA DIECKMAN NÃO DEIXA FILHOS ASSISTIREM TV:

Que isso, gente? Isso não vai dar em nada. Há algumas décadas, quando se trancafiou com a Cabala, Madonna veio com o mesmo papinho. Hoje, Lourdes Maria, também conhecida como Lola, a Rebelde, já mandou a mamma catar coquinho...

Logo chegará o dia da Carol....Mas por hora, ela conseguiu o que queria: Causar!

MACHO MAN :

Só mesmo sendo muito amigo do Jorge Fernando, pra achar esse seriado medíocre seja digno de nota....

NOVELAS CURTAS:

Também já escrevi algo a respeito, lá no meu debut de Portal. Não é de hoje que os autores travam essa batalha junto  à emissora.

Lembro-me de Glória Perez defendendo essa tese nas priscas eras da década de 90. De lá pra cá, as novelas estenderam-se mais que mega hair em cabeça de BBB....

Se a memória não me trai, apenas Gilberto Braga conseguiu algum resultado: "Paraíso Tropical" ficou seis meses no ar, e "Insesato Coração" - ao que parece - seguirá a mesma linha.

Manoel Carlos também é defensor da idéia, mas as histórias de suas Helenas arrastam-se - pelo menos nos últimos tempos - por intermináveis 220 ou 240 capítulos. Haja paciência.

Eu, como um relés roteirista genérico, seguro essa bandeira e concordo com os argumentos do Lauro César Muniz.

A meu ver, o telespectador se desorienta com tantas tramas paralelas, com um número tão vultoso de personagens que, sem exagero, poderiam dar "vida" a pelo menos  mais duas novelas.

Ivani Ribeiro sempre foi econômica, tudo bem que os tempos eram outros. Vide "A Viagem" e "A gata Comeu".

Na década de 80 - no meu modesto ponto de vista - a era mais promissora das telenovelas - os autores, recém- saídos ou não dos tempos de ditadura, haja vista o ano de algumas produções, descarregaram todo seu poder criativo em tramas que paralisaram o país, sem um casting digno de odisséia. Talvez alguém franza o cenho e dispare: "Não existia o advento da internet, nem a TV a cabo, nem tantas emissoras produzindo".

Concordo. Mas também não existiam tantos aparelhos de TV, mas as pessoas migravam para as casas de seus parentes ou amigos mais abastados, pra acompanharem determinada história, simplesmente porque a qualidade era outra. A telenovela sempre fora um fator sociabilizador, hoje, nem tanto.

Também hoje, com raríssimas exceções, muitos autores agarram-se em determinadas "muletas" e não largam nem com reza brava. O público está farto das mesmas tramas. Mas sobre isso, já debatemos aos cântaros.

No frigir dos ovos, torcemos pra que o talento vença o dinheiro.

Será?

Alex Spinola.

sábado, 9 de abril de 2011

PARABÉNS PEDRO DE TOLEDO!





Pois bem, vasculhando a internet em busca de alguma imagem que pudesse representar essa importante data para nossa querida cidade, encontrei esse pequeno filme. Não é nada demais. É super trivial, mas se encaixa perfeitamente com um pequeno texto que eu tinha em mente:

 Mais de seis décadas de aventuras, desventuras, vidas que se cruzaram, pessoas que chegaram ou partiram, amores e desamores, e por que não, mistérios?, foram comtemplados por essas verdejantes colinas.

09 de Abril de 2011.

Rápida atualização em 10 de Abril de 2011:

Ontem, por conta da pressa, o texto acima ficou - digamos assim - um tantinho meia-boca, faltando algo.

As  referidas seis décadas são delegadas aos 62 anos de emancipação política do munícipio. Pois, segundo alguns relatos do livro da nossa querida Ana Maria Sendim, o primeiro levante de povoamento deu-se por volta de 1890.

Bem, quanto ao vídeo ou filme - como queiram -achei-o interessante por conta do teor literário. Vocês sabem que sou apaixonado pela arte de se contar uma história, e diante disso, esse pequeno registro nos leva a uma série de questionamentos:

Quem pilota o aéroplano? Faz isso por diversão ou trabalho? Qual foi o destino final de tantas acrobacias? Iria - Deus nos livre! - o pequeno bi-motor chocar-se contra o paredão verde de Mata Atlântica, que se abriga na reserva Juréia-Itatins, na próxima cena?

Claro que não, isso é devaneio, manias de quem a-do-ra um bom roteiro televisivo ou cinematográfico.

Transcrevo abaixo, o texto publicado, possivelmente, pelo autor do vídeo:

"Ao fundo, as serras(Mata Atlântica), para além destas serras se encontram as regiões mais selvagens do Estado de SP(algo como Rondônia), quase intocadas, escarpas de granito, repletas de vales com matas de árvores muito altas, densas, nativas e samambaias gigantes, onças pintadas, caititus, veados, pássaros silvestres raros, cobras peçonhentas e nuvens de borrachudos, pântanos e costões pedregosos a beira do mar...lugares que apenas caçadores furtivos, caiçaras e o Exército Brasileiro costumam explorar...acesso? Somente a dois dias ... a pé..."

by Jcakamine.

ABRIL NA GLOBO!

ABRIL: A GLOBO INOVA E SE RENOVA!!!!!!

Bem, com todo o mereceido estardalhaço diante a apoteótica estréia de LARA COM Z, pouco ou nada foi escrito sobre as demais novidades da grade da Vênus Platinada.
Por certo lado, o slogan parecia carregar consigo a descoberta da pólvora em termos televisivos. Só parecia. Porque, nós, um público tanto ou quanto mais exigente, sabíamos, já pelas chamadas de alguma atrações, que nada de novo seria apresentado.

TAPAS & BEIJOS traz como seu único trunfo a trinca ANDRÉA BELTRÃO, FERNANDA TORRES e WLADIMIR BRITCHA. O gancho do seriado é o mesmo de sempre: Mulheres desesperadas para fisgar um marido. O tema é atualíssimo, haja vista o número bombástico de “transeuntes” que os sites de relacionamento acumulam, porém, nada de novo nos foi apresentado.
De certa forma, acho que nem esperávamos por isso. Trata-se de uma comédia de situação, com bons diálogos e atuações já conhecidas.

DIVÃ. Confesso que não esperava nada além do que já havíamos visto no filme: o bom texto e a atuação primorosa de Lílian Cabral. Do ponto de vista de telespectador – é deste modo que escrevo, pois qualquer tentativa além disso, soaria inadequada – recebi uma grata surpresa. O DNA da película continua lá, mas com a vivicidade que a TV pede. O cotidiano de Mercedes nos faz rir e refletir.

GLOBO MAR. Não prestei lá muita atenção na primeira temporada, mas agora, por conta da Glenda Koslowisky, mudarei de canal imediatamente. É sério, fecho os olhos e já a vejo enfiando miolos de polvo goela abaixo do Ernesto Paglia, tudo à la Hipertensão. Deus me livre!

A GRANDE FAMÍLIA. Onze anos no ar, acho que já chega. Mas diante o ócio criativo dos queridinhos dos seriados globais, melhor mantê-la por lá.

LARA COM Z. Todo o alarde em torno desse seriado gerou um certo arrepio na espinha. Grandes eram as apostas. O público, sedento por algo novo, talvez se agarrasse nessa produção como a última tábua de salvação de suas vidas.
Aguinaldo Silva não decepcionou seus fãs nem público. Deu-lhes o que tanto desejavam, mesmo com uma linguagem rebuscada, teatral, repleta de signos, os quais a grande maioria do povão desconhece. Trata-se do regogitar da mais alta cultura travestida numa roupagem POP, dinâmica e viva.

MACHO MAN. É sério que aquilo leva a assinatura da Fernanda Young? Imagino uma passeata dos gays tupiniquins reinvindicando a defenestração desse programa de quinta.
Jorge Fernamdo pousando de mona caída, é demais para qualquer intelecto purpurinado que se preze.
Sem pestanejar, dou um sábio conselho à Marisa Orth: Fuja dessa gaiola, amada!

Texto péssimo, diálogos ídem. Seria isso uma grande piada? Pra completar o descalabro, só falta a mãe do afamado diretor integrar o elenco.
Matei a charada e respondo nesse parágrafo a questão lançada acima: Sim, isso é uma piada. Na Globo, os gays são tolerados, mas na medida do possível, se os Deuses assim o quiserem e a audiência compactuar, jogam-lhes no cucuruto uma bota à la Lady Gaga, pra que voltem a ser machos!

Alex Spinola.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

O IMPORTANTE É SER MÃE!!!!


VALE A PENA LER DE NOVO O BRILHANTE TEXTO DO ENG. MARCO BITTENCOURT:

“Delicias da Internet:
Se sua mãe não foi assim, com certeza sua avó foi!!!!!!!
E todos a adoravam!!!!!


Coisas que nossas mães diziam e faziam…
Era uma forma, hoje condenada pelos educadores e psicólogos,mas funcionou com a gente e por isso não saímos seqüestrando a namorada, calculando a morte dos pais, ajudando bandido a sequestrar a mãe, não nos aproveitamos dos outros, não pegamos o que não é nosso, nem matando os outros por ai, etc…

Minha mãe ensinou a VALORIZAR O SORRISO…
“ME RESPONDE DE NOVO E EU TE ARREBENTO OS DENTES!”


Minha mãe me ensinou a RETIDÃO…
“EU TE AJEITO NEM QUE SEJA NA PANCADA!”


Minha mãe me ensinou a DAR VALOR AO TRABALHO DOS OUTROS…
“SE VOCÊ E SEU IRMÃO QUEREM SE MATAR, VÃO PRA FORA. ACABEI DE LIMPAR A CASA!”


Minha mãe me ensinou LÓGICA E HIERARQUIA…
“PORQUE EU DIGO QUE É ASSIM! PONTO FINAL! QUEM É QUE MANDA AQUI?”


Minha mãe me ensinou o que é MOTIVAÇÃO…
“CONTINUA CHORANDO QUE EU VOU TE DAR UMA RAZÃO VERDADEIRA PARA VC CHORAR!”


Minha mãe me ensinou a CONTRADIÇÃO…
” FECHA A BOCA E COME!”


Minha Mãe me ensinou sobre ANTECIPAÇÃO…
“ESPERA SÓ ATÉ SEU PAI CHEGAR EM CASA!”


Minha Mãe me ensinou sobre PACIÊNCIA…
“CALMA!… QUANDO CHEGARMOS EM CASA VOCÊ VAI VER SÓ…”


Minha Mãe me ensinou a ENFRENTAR OS DESAFIOS…
“OLHE PARA MIM! ME RESPONDA QUANDO EU TE FIZER UMA PERGUNTA!”


Minha Mãe me ensinou sobre RACIOCÍNIO LÓGICO…
“SE VOCÊ CAIR DESSA ÁRVORE VAI QUEBRAR O PESCOÇO E EU VOU TE DAR UMA SURRA!”


Minha Mãe me ensinou sobre o REINO ANIMAL…
“SE VOCÊ NÃO COMER ESSAS VERDURAS, OS BICHOS DA SUA BARRIGA VÃO COMER VOCÊ!”


Minha Mãe me ensinou sobre GENÉTICA…
“VOCÊ É IGUALZINHO AO SEU PAI!”


Minha Mãe me ensinou sobre minhas RAÍZES…
“TÁ PENSANDO QUE NASCEU DE FAMÍLIA RICA É?”


Minha Mãe me ensinou sobre a SABEDORIA DE IDADE…
“QUANDO VOCÊ TIVER A MINHA IDADE, VOCÊ VAI ENTENDER.”


Minha Mãe me ensinou sobr eJUSTIÇA…
“UM DIA VOCÊ TERÁ SEUS FILHOS, E EU ESPERO ELES FAÇAM PRÁ VOCÊ O MESMO QUE VOCÊ FAZ PRA MIM! AÍ VOCÊ VAI VER O QUE É BOM!”


Minha mãe me ensinou RELIGIÃO…
“MELHOR REZAR PARA ESSA MANCHA SAIR DO TAPETE!”


Minha mãe me ensinou o BEIJO DE ESQUIMÓ…
“SE RABISCAR DE NOVO, EU ESFREGO SEU NARIZ NA PAREDE!”


Minha mãe me ensinou CONTORCIONISMO…
“OLHA SÓ ESSA ORELHA! QUE NOJO!”


Minha mãe me ensinou DETERMINAÇÃO…
“VAI FICAR AÍ SENTADO ATÉ COMER TODA COMIDA!”


Minha mãe me ensinou habilidades como VENTRÍLOGO…
“NÃO RESMUNGUE! CALA ESSA BOCA E ME DIGA POR QUE É QUE VOCÊ FEZ ISSO?”


Minha mãe me ensinou a SER OBJETIVO…
“EU TE AJEITO NUMA PANCADA SÓ!”


Minha mãe me ensinou a ESCUTAR …
“SE VOCÊ NÃO ABAIXAR O VOLUME, EU VOU AÍ E QUEBRO ESSE RÁDIO!”


Minha mãe me ensinou a TER GOSTO PELOS ESTUDOS…
“SE EU FOR AÍ E VOCÊ NÃO TIVER TERMINADO ESSA LIÇÃO, VOCÊ JÁ SABE!…”


Minha mãe me ajudou na COORDENAÇÃO MOTORA…
“JUNTA AGORA ESSES BRINQUEDOS!! PEGA UM POR UM!!”


Minha mãe me ensinou os NÚMEROS…
“VOU CONTAR ATÉ DEZ. SE ESSE VASO NÃO APARECER VOCÊ LEVA UMA SURRA!”


Brigadão, Mãe !!!
Eu não virei bandido.”

**************************************

Meus amores, Marco Bittencourt é comentarista assíduo do ASDigital.

Mediante tamanho horror dos últimos dois dias, resolvi reepublicar esse texto com o único intuíto de desanuviar as coisas...

sexta-feira, 1 de abril de 2011

THANK YOU!!!!!

Beijos aos visitantes do blog que, mesmo em silêncio, dão sempre uma espiadinha......

FAMA É GRANA!!!!!




Marcelo Adnet e Selton Mello numa crônica musical sobre grana e fama. O mundo tá repleto de mazelas, mas o que realmente importa são os filés e os rolex's.....

segunda-feira, 14 de março de 2011

PSICOPATAS !!!!!!!


OS PORÕES DA MENTE 

No“Mais Você”, hoje,  Ana Beatriz Barbosa Silva voltou a falar sobre psicopatia.

Eu, apreciador desses assuntos, atinei meus sentidos, mas…..Ana Maria Braga não foi além do trivial, fazendo as perguntas que, com certeza, Ana Beatriz está cansada de responder….

Eu sei, tempo na TV, é tudo…..porém, outros transtornos poderiam ter sido abordados: biporalidade, transtorno limítrofe de personalidade (BORDERLINE) e etc….

Agora, algo que me intriga nisso tudo, colhi numa outra entrevista com Ana Beatriz, no programa de Leda Nagle.

A certa altura, Ana fala sobre a sociopatia…..onde o ambiente “fabrica” o indivíduo. Mas essa teoria é posta por terra com a conclusão de que o psicopata nasce psicopata….

Então, eu pergunto?
Em face a todas as atrocidades geradas por uma centena de psicopatas que ganham as páginas dos jornais, quase que diariamente, somos levados a crer que vivemos entre monstros?

Ana Beatriz revelou que 4% da população mundial sofre desse transtorno, mas diante tanta desgraça, sou obrigado acreditar que esse número pode ser bem maior….

Segundo a psiquiatra, as três maiores necessidades de um pisicopata são: prestígio, poder e diversão, ou seja, as três vigas-mestras de uma sociedade capitalista.

Que medo!


PS: Acima o vídeo de uma entrevista de Ana Beatriz Barbosa Silva, no "Mais Você". Nessa ocasião, Ana Maria Braga aproveitou melhor sua entrevistada.



O HORROR, O HORROR!!!!!




Nem toda a evolução, nem toda a tecnologia são capazes de prever o real poder de uma catástrofe natural.


Não importa quantas vezes acessemos à essa matéria do "Fantástico", ficará registrado em nossas mentes, apesar de toda a soberba e ganância, o quão somos fragéis diante o inimaginável.


Ná há muito o que escrever, faz-se justo o dito popular: "Uma imagem vale por mil palavras".
Nesse caso, muitas imagens.


Tratem de desculpar o velho clichê, por favor....

BEM-VINDOS!!!!

Estejam por dentro daquilo que eu penso!